|| Joana Carvalho Fernandes
arquivos

Paris

This category contains 12 posts

Uma vida “a lutar por 1,5 milhões de pessoas maltratadas por França e por Portugal”

José Baptista de Matos chegou à gare de Austerlitz, em Paris, em 1963 para, “a mando da liberdade, saber o que era a França”: viveu num bairro clandestino, chefiou centenas de homens, recebeu na quarta-feira a Comenda da Ordem Nacional de Mérito. [Para a Agência Lusa] José tem quase 80 anos. Usa uma boina à … Continuar a ler

Stanislas Kalimerov fez uma viagem pela memória da alma portuguesa

Stanislas Kalimerov tem avós russos, pais franceses e coração português: durante três anos fotografou “a alma portuguesa” e fez desses retratos uma viagem pela memória de um povo, que mostra até 07 de março, em Paris. [Para a Agência Lusa] A história destas histórias é uma história de amor. Stanislas Kalimerov conta-a num português “aprendido … Continuar a ler

A porta aberta para as histórias

Chegou escondida nos agasalhos, casaco, gorro. Sorria. Olhou as mulheres cão que enchem o pequeno pátio depois da escada em curva. Olhou-me. Segurou-me a mão, demorou-se. Desarrumou o cabelo desarrumado. E abriu a porta das suas histórias. Em vésperas de fazer 77 anos, Paula Rego inaugurou a primeira exposição representativa da sua obra em França, … Continuar a ler

Sim, Álvaro, o pastel de nata em Paris é como o frango no churrasco

No número 37 da rue du Roi de Sicile, em Paris, o pastel de nata anda pelas bocas do mundo, alimentado pela pastelaria “Comme à Lisbonne”, que abriu há seis meses e vende mil pastéis por dia. [Para a Agência Lusa] Na quinta-feira, o ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, deu o exemplo do pastel … Continuar a ler

8 mil quilómetros de Portugal em fotografias

Mário Cantarinha começou a gostar de fotografia “mesmo antes de saber o que isso era”. E vai contar toda a história que se segue com pressa, com os  olhos e as mãos a fugirem-lhe desta conversa para as molduras onde arrumou 8 mil quilómetros de Portugal, de Norte a Sul. “Sou de Folgosinho, junto à … Continuar a ler

Na margem, fotografado.

O Gomes e o Pereira fizeram um “hino” de protesto e querem tocá-lo para Paulo Portas

O Gomes e o Pereira, ambos Carlos, integram o movimento “Nantes não desiste”, que contesta o encerramento do vice-consulado na cidade. Dão voz, bandolim e órgão ao “hino” deste protesto e querem tocá-lo para o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas. [Para a Agência Lusa] São ambos músicos de coração e das horas vagas, nascidos … Continuar a ler

Portugal a bater à porta

Do lado de fora da porta está uma mulher baixa, robusta, de cabelo curto, desalinhado, de espanador na mão. Saberemos, depois de soar a campainha, que quem-é?-sou-eu-eu-quem?-sou-eu. Saberemos, portanto, que ela é ela, a sorrir e a fazer subir o queixo, olhos de um azul inquieto, a preparar-se para dizer, num francês lento, próprio de … Continuar a ler

Três minutos antes de o metro chegar

O homem negro vestido de negro grita. Está de pé, de gorro, de dedo no ar, pés na plataforma. Linha 13, estação de Brochant, três minutos para o metro chegar. Caminha. Grita. A mão que reza a missa não tem luva. O sermão faz eco ora à esquerda, ora à direita, no túnel. “Vocês dormem … Continuar a ler

O provocador

O homem contorna o círculo repleto de gente sentado numa cadeira de rodas a motor. Pode ser que tenha mais de 60 anos. Está sujo, como a cadeira. Ou pouco menos. Com a mão direita decide o caminho, com a esquerda fuma. Em círculos. A mão inchada, as pontas dos dedos amarelos. Vive “por aqui, … Continuar a ler

“Le Pen não mete medo a ninguém”

Ibraim Silá, 27 anos, filho de senegaleses, estudou contabilidade mas é taxista. Cresceu em Paris “com a impressão de ser um peso para a França” e considera que Marine Le Pen “tem que perceber que vai precisar sempre dos imigrantes”. [Para a agência Lusa] O jovem ao volante de um táxi preto, luxuoso e perfumado, … Continuar a ler

Manuel Domingues serve "specialités portugaises" aos Le Pen quase todos os dias

Manuel Domingues é há 22 anos proprietário do restaurante Chez Tonton, que fica na rua da sede da Frente Nacional, em Nanterre, Paris, e põe “specialités portugaises” na mesa dos Le Pen “quase todos os dias”. [Para a agência Lusa] Rue des Suisses, Nanterre. A meio da longa reta. A Chez Tonton tem uma fachada … Continuar a ler